Para quem já teve o prazer de visitar nossa amada cidade sabe que Armação dos Búzios possui encantos para todos os gostos. Além de praias exuberantes e trilhas de tirar o fôlego Búzios, também possui em seu ecossistema um ambiente quase que único no mundo.

Para quem ainda não conhece ou não ouviu falar, em Búzios existe um mangue de pedras. Isso mesmo, em todo mundo existem apenas 3 exemplares dessa maravilha da natureza e um deles está aqui em nosso “quintal”.

Como todo mangue “tradicional” o Mangue de Pedras também é berço de um grande ecossistema. O Mangue de Pedra é uma área de valor científico raro e inigualável, cultural e paisagístico. Este manguezal se destaca por sua singularidade de sua ocorrência pelo mundo, pois, esse ambiente se desenvolve sobre substrato rochoso e sem a presença de rios para aporte de água doce. Como outros manguezais, ocorre em área sujeita às marés. A água doce que abastece o mangue é água subterrânea (Aquífero Mangue de Pedra), proveniente da infiltração das chuvas na área da Rasa e do Arpoador da Rasa. Este lençol d´água flui pelos cascalhos, areias e lamas que vemos nas encostas. Quando ele é cortado pela superfície do terreno ocorrem as nascentes. No caso do Mangue de Pedra, de Armação dos Búzios, foram identificadas duas situações distintas: nascentes na encosta e descarga de água doce na base da praia. Por esse fato, evitar a poluição da água subterrânea, o desmatamento e a ocupação dessas áreas torna-se de suma importância para a conservação do Mangue de Pedra.

O Mangue de Pedra, de Búzios, está localizado logo no início da cidade (para quem vem da Via Lagos) ele fica entre a Ponta do Pai Vitório e a Praia da Gorda. Essa região acolhe uma vegetação que é raramente encontrada numa praia “tradicional”, ela possui uma vegetação  típica de manguezal. Como mencionamos anteriormente neste artigo existem somente três mangues de pedra no mundo. Por isso, esse ambiente atrai estudiosos, cientistas e turistas do mundo todo.

A fauna deste tipo de manguezal, de acordo com estudiosos, abriga em torno de duas mil espécies, entre animais e vegetais, constituindo-se em uma zona de grande diversidade de organismos que vão, desde diatomáceas e protozoárias, até bivalves, caranguejos, répteis, aves e mamíferos. Com isso, esse ecossistema se estabelece de grande notoriedade ecológica, uma vez que contribui para o equilíbrio da cadeia alimentar dos ecossistemas marinhos.

Já em relação a flora do local, ela se mantém com espécies importantes de Mangues Branco e Preto, Cactus Cabeça de Velho, Aroeira da Praia, Pimenteira da Praia, Bromélias fixadoras e, em grande quantidade, o Pau Brasil . Com isso, o Mangue de Pedras é um excepcional geossítio brasileiro pela excepcional sua raridade. No Mangue de Pedras, as paleofalésias da Rasa, a falha tectônica da Ponta do Pai Vitório e a Ilha Feia compõem o incrível geossítio de Armação dos Búzios. Localizado em uma Área de Preservação Permanente (APP), Zona de Conservação da Vida Silvestre (ZCVS) e o último manguezal existente na região, é de suma importância que a legislação vigente seja adequada para resguardar esse ecossistema e os recursos naturais existentes, isso pode ser feito com a proibição de construções próximas, plantio ou exploração de atividade econômica no local.

Fontes:

Buzios.rj.gov.br

Grupobz.com.br

Drm.rj.gov.br

Deixe o seu comentário